free tracking

conspiradores

. Raquel

. Jorge Amorim

. Nuno Miguel Lopes

. Luís F. Alves

estamos aqui

e-mail

. Say NI

artigos recentes

. É assim que se brinca com o coração dos fãs!

. Avengers 2

. Em Julho de 2013... (Marvel Comics)

. Então careca?? O que se passou?

. O novo (e velho) Constantine

. Quanto pagas por uma morte?

. Será mesmo Superior?

. Ask the Kingpin (Parte 2 de 2)

. Ask the Kingpin (Parte 1 de 2)

. The Kingpin of Comics is back ...

links de comics

. Comic Book Resources

. DC Comics

. Image comics

. Kingpin of Comics (Site)

. Kingpin of Comics (Blog)

. Leituras de Bd e não só

. Marvel Comics

. Newsarama.com

. Silver Bullet Comics

. World of Manga and comics

. Luca BD

outros links

. Corusca

. Multitudo Design

. O Armário das Calças

. Sonhos Urbanos

arquivos

. Março 2006

. Abril 2006

. Maio 2006

. Junho 2006

. Julho 2006

. Agosto 2006

. Setembro 2006

. Outubro 2006

. Novembro 2006

. Dezembro 2006

. Janeiro 2007

. Março 2007

. Abril 2007

. Junho 2007

. Julho 2007

. Agosto 2007

. Outubro 2007

. Janeiro 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2008

. Abril 2008

. Maio 2008

. Junho 2008

. Julho 2008

. Agosto 2008

. Setembro 2008

. Outubro 2008

. Novembro 2008

. Dezembro 2008

. Janeiro 2009

. Fevereiro 2009

. Março 2009

. Abril 2009

. Maio 2009

. Junho 2009

. Julho 2009

. Agosto 2009

. Setembro 2009

. Outubro 2009

. Novembro 2009

. Dezembro 2009

. Janeiro 2010

. Fevereiro 2010

. Março 2010

. Abril 2010

. Maio 2010

. Junho 2010

. Julho 2010

. Agosto 2010

. Setembro 2010

. Outubro 2010

. Novembro 2010

. Janeiro 2011

. Fevereiro 2011

. Março 2011

. Abril 2011

. Maio 2011

. Julho 2011

. Agosto 2011

. Setembro 2011

. Outubro 2011

. Novembro 2011

. Dezembro 2011

. Janeiro 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2012

. Junho 2012

. Julho 2012

. Agosto 2012

. Setembro 2012

. Outubro 2012

. Novembro 2012

. Dezembro 2012

. Janeiro 2013

. Março 2013

. Abril 2013

. Outubro 2014

RSS
Powered by Blogger
segunda-feira, junho 30, 2008
Não só este post está atrasado, como esta semana há MUITOS comics a comentar, por isso deixemos de lado os preâmbulos.





RASL #2 - O primeiro número era um pouco vago, tanto em termos de história como de personalidades, mas aqui tudo começa a tornar-se bem mais definido, e como tal, mais interessante. Esta série tem bastante potencial, penso eu.



FINAL CRISIS #2 (de 7) - Para quem se queixou de que o capítulo anterior era pouco compreensível, este é mais claro, embora não clarifique muita coisa das questões levantadas pelo anterior. Mas é igualmente bom, e a última página não deixa dúvidas de que a intriga vai acelerar...



GREEN LANTERN #32 - A marcha para a Blackest Night continua, e não se pode dizer que continue mal. Mas caramba, que marcha tão LENTA!



SUPERMAN #677 - Talvez seja a constante narração, mas isto pareceu-me um bocadinho... não sei... formal demais? Bom, mas lê-se bem, mesmo não sendo nada de extraordinário.



TEEN TITANS #60 - Espero que a Ravager não tenha saído de vez da equipa, ela era uma das coisas mais interessantes nesta série. Se ela se vai, com ela vai também boa parte do meu interesse. Que já não é muito.



TRINITY #4 - Como eu temia, a história principal é essencialmente a mesma sequência de porrada. Não há nada de errado com ela, e aliás, o pormenor de servir para demonstrar as diferentes funções dos três protagonistas (e de monstrar como o Superman devia ter derrotado facilmente o Doomsday no primeiro encontro), está até bem pensado. Só que em si mesma, a batalha é aborrecida, e não gosto dos antagonistas. E quanto á segunda história, já nem tenho paciencia para a ler com atenção.



AVENGERS INITIATIVE #14 - A invasão dos Skrulls está a ser boa por muitas razões, mas a principal dela, para mim, é que me está a fazer ler com agrado comics dedicados a personagens aos quais eu dificilmente daria atenção. Neste caso, é o 3D-Man. E a reviravolta do final, mesmo sendo fácil de prever como se resolverá, não deixa de ter impacto...



CAPTAIN AMERICA #39 - Mais uma vez, boa história. Mas começo a ficar algo ansioso por que esta história em particular ACABE, de uma vez por todas...



DAREDEVIL #108 - É impressão minha, ou o vilão revelado aqui já não aparecia desde o inicio das histórias do Frank Miller? Qualquer dos casos, é mais uma boa história por uma das minhas equipas criativas favoritas.



FANTASTIC FOUR #558 - HÃ???? Mas mas... Ok, eu estava completamente desinteressado nesta história, até porque o titulo promete uma direcção que não me agrada minimamente, mas... Epá, o twist final... Se eles vão mesmo trazer de volta ESTA versão deste personagem... Contem comigo!



HULK #4 - Este comic tem-se sustentado, na minha opinião, em algo do tipo "tão mau que é bom". E mantém-se fiel a esse principio. O problema é que, com a excepção da introdução, a que achei piada, a coisa começa a fartar.



IMMORTAL IRON FIST #16 - E eis que na última história que escreve para esta série, o Matt Fraction finalmente dá uma personalidade interessante ao protagonista. É pena que seja o último. Temo que haja um declínio fatal de qualidade.



MARVEL 1985 #2 (de 6) - Não tão interessante como o primeiro número, mas mantém a qualidade. E será que está aqui a chave para a tal ligação que o Mark Millar prometeu que haveria entre todos os seus comics actuais? Afinal de contas, eu vejo aqui pelo menos uma coisa em comum com o FF 558...



MIGHTY AVENGERS #15 - Mais uma história sobre como heróis foram substituidos por Skrulls. Mas continuo a gostar. Não me lembro da última vez que gostei de uma história dedicada ao Hank Pym... Ok, não me lembro de sequer ter lido alguma... Mas gostei desta.



NEW AVENGERS #42 - Ok, esperem. Então a Spider-Woman NÃO recebeu implantes de silicone??? Confesso que por essa não esperava.



SHE-HULK 2 #30 - Mais uma história que termina, com pouco de interessante para a recomendar. Estou decidido a só ler o crossover com o X-Factor, e tentar a história seguinte. Se não me prender entretanto, sai da lista de leituras.



THOR AGES OF THUNDER REIGN OF BLOOD - Só não é tão bom como o especial anterior por causa da arte, que sendo boa, não é tão espectacular. Ainda assim, continua a surpreender-me o quanto estou a gostar disto.



THUNDERBOLTS #121 - É a despedida do Warren Ellis dos Thunderbolts, e é ligeiramente decepcionante. O momento final, em particular, parece-me algo deslocado. Não que seja um mau comic, longe disso. Até porque, mais uma vez, o Doc Samson brilha. Mas não é a melhor das despedidas.



ULTIMATE SPIDER-MAN #123 - É assim que o Venom deve ser: aterrorizante. Bom começo para mais uma história, que espero que não venha a ser longa demais...



ULTIMATES 3 #4 (de 5) - Ao contrário do Hulk #4, este é tão mau que é mau. Mas é semelhante no sentido da fidelidade ao principio...



UNCANNY X-MEN #499 - Eu sou fã desta maneira de resolver conflitos. Se todas as sequências de porrada se pudessem resolver como o confronto com o Omega Red se resolve aqui, o mundo era um lugar melhor.



WOLVERINE ORIGINS #26 - Por mais desinteressante que a história seja muitas vezes neste comic, a arte sempre foi excelente. Mas a deste número é péssima. E é pena, porque retira grande parte do impacto ao resto. Como seria de prever, aliás.



NO HERO #0 (de 8) - Isto é mesmo só uma introdução à série, por isso é cedo para ter ideias definitivas, mas acho pouco prometedor o conceito prender-me mais no texto que acompanha a história do que na história propriamente dita.



A SUPRESA DA SEMANA é algo negativa, coisa que já não acontecia há uns tempos. A estadia do Warren Ellis nos Thunderbolts tem sido pouco menos que brilhante, por isso o THUNDERBOLTS #121, que representa o final dessa estadia, desiludiu-me por ser algo banal.

Quanto ao MELHOR DA SEMANA, é também uma despedida desta vez a do Matt Fraction do IMMORTAL IRON FIST. Vai deixar saudades.

E pronto, é só. E já é muito! Mais uma vez, desculpem-me o atraso, mas foi inevitável. Para a semana estou cá a tempo e horas, prometo. Até lá!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 7:40 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo
domingo, junho 29, 2008
Esta semana não tive tempo de terminar as minhas mini-criticas, e por isso peço-vos desculpa.
Mas amanhã estará aqui o post, ok? É só um dia de atraso...
saí­do da mente de Luís F. Alves às 11:07 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo
quinta-feira, junho 26, 2008
Recomendo, tanto para quem já lê comics desde os 6 anos ou para quem está a começar. São simples histórias de super-heróis adolescentes e a sua relação com gerações anteriores de super-heróis. Tudo passado no Universo Marvel.



Li agora o número 6 do "Young Avengers Presents" e gostei muito. Mas quero recomendar toda a série inicial (há em trade??) + a mini-série "Young Avengers Presents", tudo lido de uma ponta a outra (sabe mesmo bem, parece que sou de novo um puto a ler bd na praia).

Vamos lá a dar espaço a este comic nas vossas prateleiras!

Etiquetas:

saí­do da mente de Jorge Amorim às 12:30 da tarde
link do post | 2 comentários | voltar ao topo
domingo, junho 22, 2008
Pouca coisa para ler, esta semana. E mesmo do que havia, não consegui ler um, o RASL #2, que vai transitar para a próxima. Quanto ao resto, foi:

ANGEL AFTER THE FALL #9 - Ena. Depois se UNS QUATRO OU CINCO MESES, a batalha terminou. E levou com ela muita da minha boa vontade. Eu quero gostar deste comic, palavra que quero, até porque todos os personagens estão no ponto, tal e qual como me lembro deles na série. E há muito para explorar na situação actual deles. Mas a história não está mesmo a conseguir prender-me, infelizmente.

GRENDEL BEHOLD THE DEVIL #8 (de 8) - Eu estava a contar que este último capítulo fosse essencialmente um anti-climax, só um encerrar de pontas soltas que não foram abordadas no capítulo anterior, o verdadeiro final da história. Mas embora seja um epílogo, este comic é tão bom como foi o resto da série. Mesmo as pontas soltas são atadas de forma perfeita. Definitivamente, tenho que mergulhar mais vezes no mundo do Grendel.

BATMAN AND THE OUTSIDERS #8 - E por mim, chega. Estou completamente farto desta série, não tem absolutamente nada que me interesse. Não esperem vê-la mais vezes aqui mencionada, porque não a vou voltar a ler tão depressa.

FLASH #241 - Por muito que os personagens estejam bem retratados, esta história já deu o que tinha a dar...

TRINITY #3 - Este número, ao contrário dos dois anteriores, não me prendeu minimamente. Tenho pouca paciência para sequencias enormes da Justice League a dar porrada em monstros super-fortes. Espero que esta sequencia não ocupe demasiado do próximo número...

AMAZING SPIDER-MAN #563 - O brilho começa a desaparecer da nova fase do Spider-man. Este é o número mais aborrecido deste o inicio do Brand New Day. E sem dúvida que o Bob Gale é o elo mais fraco do Brain Trust que escreve a série. O que vale é que não demora muito a virem outros...

GUARDIANS OF GALAXY #2 - Como é possivel que, nestes anos todos, eu nunca me tenha interessado pelo Rocket Raccoon? Não percebo... Bom, não há muito a acrescentar sobre este comic, tirando que a surpresa não é grande surpresa para quem conheçe a história futura da equipa com o nome deste comic. Perceberam? Não? Opá, então paciência. Isto é fixe, pronto...

INCREDIBLE HERCULES #118 - Um bocadinho menos divertido do que é costume, mas compensa pelo espreitar aos sonhos dos deuses. E pela grande surpresa final...

WOLVERINE #66 - Não há nada de errado com esta história, e até há coisas de que gostei muito mesmo. A arte é fantástica, e o spider-mobile é sempre bem vindo. Mas isto soa-me TANTO a dejá vu...

X-FACTOR #32 - Ah. Então foi para ISSO que serviu a história do Arcade. Se calhar havia maneiras melhores de aqui chegar, mas pronto, tudo bem. Até porque acho que o novo status quo pode ser muito interessante...

ZORRO #4 - Como sempre, os capítulos do meio são os menos interessantes, mas a origem do Zorro continua a ter partes muito bem escritas. Continuo, portanto, a gostar bem mais desta série do que esperava inicialmente.

Ok, a surpresa da semana é o GUARDIANS OF THE GALAXY. O número anterior já me tinha convencido, mas este reforçou a coisa, contra as minhas expectativas. O comic é mesmo bom.
E o MELHOR DA SEMANA é o GRENDEL BEHOLD THE DEVIL, claro. Toda esta série foi fantástica, e a conclusão, ao contrário do que eu esperava, não foi excepção.
E é mais uma semana despachada. Abraços, até à próxima!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 9:28 da tarde
link do post | 1 comentários | voltar ao topo
sexta-feira, junho 13, 2008
Como verão mais abaixo, esta semana faltam-me frequentemente as palavras. Consequentemente, também não vou gastar neste bocadinho as poucas que tenho. Passemos ao que interessa, mas é.

OMEGA THE UNKNOWN #9 (de 10) - Eu nem acredito, mas... Este capítulo está cheio de ACÇÃO! Tão doida e surreal como tudo o que se passou nesta série até agora, sim, mas acção! Só falta mais um número para o final disto. Vai deixar saudades.

ANNA MERCURY #2 - Ok, não sei se percebi muito bem como a situação descrita aqui pode ser classificada como "imaginária", mas ok. Este capítulo é metade acção, metade exposição da história, e como tal é essencial, mas ainda não chegou para me prender definitivamente.

ACTION COMICS #866 - A equipa criativa regular regressa, um par de... personagens regressa ao comic, e pelos vistos, mais uma vez vamos ter um reconciliar de todas as versões diferentes de um mesmo personagem. E o Superman é o Christopher Reeve, e não se deixa impressionar por mamas de silicone. Muito bom.

BOOSTER GOLD #10 - Bom, todos sabíamos que isto tinha que acontecer, e aconteceu mesmo. Pena. Mas aconteceu da melhor maneira, pelo menos.

GOTHAM UNDERGROUND #9 (de 9) - Não esclareceu todas as questões, mas também não era essa a ideia, penso eu. Boa conclusão para a história, criando não só um novo status quo para o submundo de Gotham, como mostrando o Penguin como mais interessante do que alguma vez foi (pelo menos para mim).

GREEN LANTERN CORPS #25 - Não é completamente desinteressante, mas sinceramente... Um comic inteiro, dedicado à história de uma planta??? Tenham paciência...

SALVATION RUN #7 (de 7) - Ok, mais um final que não bate certo com o Final Crisis. Mas tirando isso, até gostei bastante. Ao contrário de várias das partes anteriores, este tem algum conteúdo, nomeadamente um vislumbre da perspectiva dos "vilões" sobre a posição deles na vida. Porreiro.

TRINITY #2 - Longe da qualidade do primeiro, mas isso seria de esperar. O mistério ainda está no inicio, afinal de contas, e nem todos os capítulos podem ter as demonstrações das personalidades dos personagens que fizeram o primeiro capítulo brilhar. Mas continua a ser interessante.

WONDER WOMAN #21 - E eis que estou aborrecido de morte. Acordem-me quando esta história acabar, ok?

AMAZING SPIDER-MAN #562 - Bom... É divertido. Não sei que mais posso dizer, sinceramente.

CAPTAIN BRITAIN AND MI 13 #2 - Os Skrulls invadem Avalon, em busca das fontes da Magia, e o povo britânico lamenta a morte do Captain Britain. Isto é bem melhor do que alguma vez pensei que pudesse ser...

LAST DEFENDERS #4 (de 6) - Capitulo do meio. Mais do mesmo, nomeadamente, MAIS UMA configuração de Defenders que falha redondamente. Mas continuo curioso em ver onde isto vai parar...

NEWUNIVERSAL SHOCKFRONT #2 (de 6) - A intriga adensa-se, e o ritmo da história acelera. Não gosto muito dos desenhos, mas a história está a recuperar o meu interesse.

TWELVE #6 (de 12) - Inesperadamente, o Rockman acaba de se revelar um dos personagens Marvel mais trágicos dos últimos tempos. Se isso o torna mais interessante ou não, o tempo o dirá, mas para já, revitalizou algum do meu interesse nesta série.

X-FORCE AINT NO DOG - Não me lembro de ver um Wolverine tão sanguinário há muito tempo. Este especial não é mau, mas é um bocado inconsequente. Dispensável, portanto.

ANGEL AFTER THE FALL #8 - AINDA não voltámos à história principal??? Começo a perder a paciência com isto...

DOKTOR SLEEPLESS #7 - Nem sei o que dizer sobre isto, tirando que continuo a gostar. E o texto no final é particularmente interessante.

Ora bem, sem mais demoras, a SURPRESA DA SEMANA foi o OMEGA THE UNKNOWN #9 (que tecnicamente é da semana passada, mas não interessa nada). Nunca me passaria pela cabeça ver acção a sério neste comic, sem parecer deslocada, e menos ainda numa sequencia de um número inteiro. Mas aqui está, e funciona. Muito bom.
Quanto ao MELHOR DA SEMANA, quase foi o Captain Britain e o MI 13, mas acabei por escolher o ACTION COMICS #866. Um bocado old school, mas muito bom. O Superman está a viver uma espécie de era dourada, entre esta série, o All-Star Superman, e o James Robinson prestes a tomar as rédeas da série principal. É agradável ver um ícone cultural tão antigo mostrar-se tão vital nas mãos correctas.
E pronto, está tudo. Até à próxima!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 10:14 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo
sexta-feira, junho 06, 2008
Mais uma semana, mais uma leva de comics.Vamos a isto?

BUFFY THE VAMPIRE SLAYER #15 - Excelente final para esta história, com tudo na medida certa. Incluindo sexo lésbico. E a Mech...Nah, não vou estragar essa surpresa...

JUSTICE SOCIETY OF AMERICA #16 - Ah, agora sim! Isto sim é um número como deve ser. Foi-se a porrada, e fica um deus a caminhar entre os mortais, e o resto da história, presumo eu, é uma exploração do que isso implica. Não é território novo, mas parece-me que vai continuar a ser bem explorado...

NIGHTWING #145 - (bocejo)

ROBIN SPOILER SPECIAL #1 - Inconsequente, mas interessante.

TRINITY #1 - Um número só, e já é melhor que o Countdown todo junto. Nada mau. Excelente começo para o novo comic semanal da DC.

AMAZING SPIDER-MAN #561 - Não me entendam mal, isto foi um excelente final, e a última página foi bastante esclarecedora. Mas eu, e penso que toda a gente, queria mesmo era o REENCONTRO, não este quase-mas-não-foi-lá. Bom comic, simplesmente não me deu o que eu queria.

CABLE #4 - Ah. Então o tipo no final do número anterior era ELE. Ok. Bom, isto é mais conversa que outra coisa, tirando um confronto em particular. Mas entretem o suficiente, parece-me. Por outro lado, é bom que haja mais na história, porque este jogo constante do gato e do rato é capaz de aborrecer depressa.

CRIMINAL 2 #3 - Palavras para quê? Isto continua a brilhar todos os meses.

INVINCIBLE IRON MAN #2 - A história continua a bom passo, e mesmo com os desenvolvimentos no enredo, o que interessa aqui é a exploração do personagem principal. Bom material.

KICK ASS #3 - Ok, estou convencido. A série é boa. O personagem é um idiota, mas a série é mesmo boa.

SECRET INVASION #3 (de 8) - Terceira parte, e muito pouco de novo. Este crossover está a perder-me...

PUNISHER WAR JOURNAL #20 - A sequencia de acção sempre recuperou parte da minha paciência para esta série, mas a verdade é que detesto quando o herói sobrevive a um confronto desigual meramente por sorte. E foi isso que aconteceu aqui. Quer dizer, o Punisher não é um HERÓI, mas vocês perceberam.

ULTIMATE ORIGINS #1 (de 5) - Para ser sincero, não sei se realmente QUERO saber como tudo está ligado no universo Ultimate. Mas pronto, aí está a história, e tirando uma ligação desconhecida entre 3 personagens na Segunda Grande Guerra, e a verdadeira origem da espécie mutante, não sei até que ponto há grandes revelações aqui. Mas se calhar sou eu que sou exigente, e para um primeiro número, essas chegam perfeitamente...

THE BOYS #19 - Ok, começo a ver qual é finalmente a história desta série. Eu e toda a gente, aliás...

Antes de mais, o OMEGA THE UNKNOWN #9 desta semana tem que transitar para a próxima. Tenho conseguido evitar estas coisas de passarem comics de uma semana para outra, mas desta vez não houve mesmo hipótese.
Isto dito, a SUPRESA DA SEMANA, desta vez, foi o TRINITY. Com a equipa criativa que tem, eu esperava gostar, mas não que fosse assim tão bom logo no inicio. Mas graças a uma excelente caracterização dos personagens, impressionou-me. Tanto, aliás, que quase o escolhi para MELHOR DA SEMANA, mas essa honra acabou por ir para o CRIMINAL #3. É uma série que nunca desilude.
E pronto, mais uma semana analizada superficialmente. Abraço, até à próxima!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 8:06 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo
domingo, junho 01, 2008
A semana abundou em qualidade e quantidade, por isso não percamos tempo, e passemos já ao que interessa:

WOLVERINE ORIGINS #25 - É sempre assim. Os capitulos iniciais e finais das histórias desta série costumam ser bons, e este é particularmente interessante, já que culmina elementos que duram há anos. Mas os capítulos do meio são tãaaaao esticados... Nunca sei se vou desistir ou não disto, palavra de honra...

ACTION COMICS #865 - Adoro quando o Geoff Johns faz spotlights aos vilões, e adoro quando ele concilia versões contraditórias de um mesmo personagem para criar uma linha temporal coerente. Aqui, ele fez as duas coisas. E eu adorei.

BATMAN #677 - Agora sim, temos a história a andar. E gosto dos elementos novos aqui introduzidos no passado do Batman, embora espere que não sejam reais. Além disso, pelos vistos a minha teoria sobre a identidade do Black Glove está errada, porque se fosse essa a solução, não me parece que fosse abordada tão cedo na história. Mas estou a gostar.

FINAL CRISIS #1 - Ok, mas os Novos Deuses não tinham morrido, tipo, há um mês? Não sei se estou a perceber... Mas isto parece finalmente ligar o Seven Soldiers ao Universo DC corrente, é um inicio de história interessante, e lê-se bem. Ainda não é nada de extraordinário, mas pronto, tem tempo...

GREEN LANTERN #31 - A origem continua, e sempre está um bocadinho mais interessante, mas continua a não ter quase nenhuma informação nova.

TEEN TITANS #59 - A acção finalmente volta a concentrar-se no grupo inteiro, em vez de só em elementos específicos, e isso sempre anima um pouco a história. Mas não o suficiente.

DAREDEVIL #107 - O Rucka volta a colaborar com o Brubaker, e eis que este comic volta a brilhar, com um thriller de advocacia que me parece que vai ser muito bom mesmo. Esta série estava a aborrecer-me um bocado, mas parece que a coisa está resolvida.

GIANT SIZE ASTONISHING X-MEN #1 - Muito bom final para a estadia do Joss Whedon no X-Universo. Continuo a dizer que o enredo em si não me prendeu, mas emocionalmente, estava tudo no sitio. Bom trabalho.

IMMORTAL IRON FIST #15 - Um pequeno interlúdio, dedicado à lenda de mais um Iron Fist do passado. Mas muito bom em si mesmo.

MARVEL 1985 #1 (de 6)- Sinceramente, temo que esta série acabe por se tornar excessivamente nostálgica e lamechas, mas para já, é um excelente começo, bem melhor que os outros trabalhos mais recentes do Mark Millar, e dou-lhe os parabéns por ter escrito a fantasia que todos já tivémos quando éramos putos.

NEW AVENGERS #41 - Mais background sobre a invasão dos Skrulls, mas não particularmente interessante. Nada que já não soubessemos...

SHE-HULK 2 #29 - Este é o número mais interessante desta série desde que o Peter David a começou a escrever. Infelizmente, é interessante porque devolve a protagonista, pela última vez, ao ambiente legal em que a série assentava inicialmente. Um último laivo da antiga qualidade, portanto? Espero que não, mas não estou convencido...

THOR #9 - Intriga entre os deuses, enquadramento legal de vigilantismo asgardiano, e basketball em Asgard. É impossível não gostar disto.

ULTIMATE SPIDER-MAN #122 - Ena, uma história de um número só! Nada mal. E logo uma que torna o Shocker num personagem interessante. Estou impressionado...

X-FORCE #4 - Ok, eu NÃO estava à espera disto. Caramba, isto para comic dos X-Men é muito pesado mesmo...

DAN DARE #6 (de 7) - Bom, sempre é mais animado que os capítulos anteriores, mas infelizmente, continua a não ser para mim.

UNCANNY X-MEN #498 - Ainda tem o meu interesse, mas começa a parecer esticado, só para durar até ao número seguinte, e preparar terreno para o 500... Mas lê-se bem, não é grave...

A SURPRESA DA SEMANA, para mim, foi sem dúvida o MARVEL 1985. Não contava que fosse nada de jeito, e agradou-me muito. É o género de surpresa que realmente me agrada. Quanto ao MELHOR DA SEMANA, vai para o DAREDEVIL. Brubaker+Rucka+Lark=qualidade garantida. Só me faz é ter saudades do Gotham Central, mas que se há-de fazer...
E está mais uma semana terminada. Até à próxima!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 10:08 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo


Conteúdo © Copyright 2006 Jorge Amorim, R e (Phi)lipe. Todos os direitos reservados.
As imagens usadas são propriedade dos respectivos donos.
Icons por Kevin Potts.