free tracking

conspiradores

. Raquel

. Jorge Amorim

. Nuno Miguel Lopes

. Luís F. Alves

estamos aqui

e-mail

. Say NI

artigos recentes

. É assim que se brinca com o coração dos fãs!

. Avengers 2

. Em Julho de 2013... (Marvel Comics)

. Então careca?? O que se passou?

. O novo (e velho) Constantine

. Quanto pagas por uma morte?

. Será mesmo Superior?

. Ask the Kingpin (Parte 2 de 2)

. Ask the Kingpin (Parte 1 de 2)

. The Kingpin of Comics is back ...

links de comics

. Comic Book Resources

. DC Comics

. Image comics

. Kingpin of Comics (Site)

. Kingpin of Comics (Blog)

. Leituras de Bd e não só

. Marvel Comics

. Newsarama.com

. Silver Bullet Comics

. World of Manga and comics

. Luca BD

outros links

. Corusca

. Multitudo Design

. O Armário das Calças

. Sonhos Urbanos

arquivos

. Março 2006

. Abril 2006

. Maio 2006

. Junho 2006

. Julho 2006

. Agosto 2006

. Setembro 2006

. Outubro 2006

. Novembro 2006

. Dezembro 2006

. Janeiro 2007

. Março 2007

. Abril 2007

. Junho 2007

. Julho 2007

. Agosto 2007

. Outubro 2007

. Janeiro 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2008

. Abril 2008

. Maio 2008

. Junho 2008

. Julho 2008

. Agosto 2008

. Setembro 2008

. Outubro 2008

. Novembro 2008

. Dezembro 2008

. Janeiro 2009

. Fevereiro 2009

. Março 2009

. Abril 2009

. Maio 2009

. Junho 2009

. Julho 2009

. Agosto 2009

. Setembro 2009

. Outubro 2009

. Novembro 2009

. Dezembro 2009

. Janeiro 2010

. Fevereiro 2010

. Março 2010

. Abril 2010

. Maio 2010

. Junho 2010

. Julho 2010

. Agosto 2010

. Setembro 2010

. Outubro 2010

. Novembro 2010

. Janeiro 2011

. Fevereiro 2011

. Março 2011

. Abril 2011

. Maio 2011

. Julho 2011

. Agosto 2011

. Setembro 2011

. Outubro 2011

. Novembro 2011

. Dezembro 2011

. Janeiro 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2012

. Junho 2012

. Julho 2012

. Agosto 2012

. Setembro 2012

. Outubro 2012

. Novembro 2012

. Dezembro 2012

. Janeiro 2013

. Março 2013

. Abril 2013

. Outubro 2014

RSS
Powered by Blogger
sexta-feira, janeiro 30, 2009
Não sou o maior fã da versão Ultimate do Spider-Man, mas confesso que tem sido uma série sólida e dinâmica. Neste número a saga Ultimatum dá um abanão a Nova Iorque e a toda a vida do nosso herói.

Actualmente é o único comic escrito pelo Bendis que consigo ler.



Esperava mais deste número, mas é interessante para quem já acompanha a série e provavelmente não chamará a atenção a mais ninguém. A ver no que dá a continuação...
saí­do da mente de Jorge Amorim às 6:10 da tarde
link do post | 1 comentários | voltar ao topo
domingo, janeiro 25, 2009
Eu sei. Eu sei, e peço-vos humildemente desculpas. Mas a Vida interferiu com os compromissos, e as mini-criticas da semana passada acabaram por escapar à minha lista de prioridades. E não deviam. Mais uma vez, as minhas desculpas, e garanto-vos que não voltará a acontecer. De uma maneira ou de outra.
Quando finalmente consegui sentar-me para escrever a coluna, já estavam quase a sair os comics desta semana, pelo que achei que mais valia juntar as duas, e foi o que fiz. Portanto, comecemos pelos comics da semana passada:

ANNA MERCURY #5 (de 5) - Em termos de acção, este final do primeiro volume é o melhor capítulo da série. Falta-lhe, no entanto, parte da dimensão mais humana que me atraiu entre o terceiro e quarto capítulos. Veremos como corre a próxima mini-série.

PUNISHER #1 - Melhor do que eu esperava, mas perde pontos por só funcionar graças à estupidificação progressiva de um dos personagens.

ACTION COMICS #873 - Previsivelmente, este final não termina rigorosamente nada, e toda a história serviu só, mais uma vez, para mover as peças de um lado para o outro do tabuleiro, sem que se chegue a um final concreto. Não tenho nada contra uma história longa e sem final à vista, mas se é para a dividir em capítulos, há que ter um final especifico para cada um deles. Porque da maneira como a coisa está aqui, a meu ver não funciona.

BOOSTER GOLD #16 - Não posso dizer que isto seja mau, mas também não posso dizer que seja bom. Em última análise, é aquilo que temo que a série venha a tornar-se definitivamente: indiferente e irrelevante.

FACES OF EVIL PROMETHEUS - Este vilão tem sido bastante mal tratadinho nos últimos anos. Felizmente, este especial parece ser o passo certo para devolver ao personagem todo o seu potencial.

FINAL CRISIS #6 (de 7) - Pois é verdade, eles fizeram-no. E infelizmente, não posso dar grandes pormenores sobre isto. Mas posso dizer que gostei. Gostei muito. E que tenho pena que os Flashes ainda não tenham feito rigorosamente nada na série toda.

GREEN LANTERN CORPS #32 - É um final razoável, e uma boa introdução de como as Lanternas Violeta funcionam, mas se calhar esta história poderia ter sido contada em menos um capítulo. Ainda assim, gostei.

NIGHTWING #152 - Não é estranho como já andamos há meses a ler epílogos de uma história que só esta semana pudémos ler? Bom, mas agora que já tudo está às claras, e já se pode dizer abertamente o que aconteceu, os epílogos têm licença para serem mais pessoais e interessantes. É o caso deste.

AMAZING SPIDER-MAN #583 - Muito, muito bom. Mesmo. Ocorrem-me algumas pessoas que deviam ler este comic, a ver se aprendem alguma coisa. A primeira história, pelo menos. A do Obama é fraquita.

CAPTAIN BRITAIN AND MI 13 #9 - Esta segunda história não me agradou tanto como a primeira, é verdade, mas mesmo assim foi suficientemente boa para continuar agarrado a esta série. E tenho toda a fé de que a coisa só vai melhorar daqui para a frente, especialmente considerando as páginas finais deste número...

A SURPRESA DA SEMANA PASSADA... Bom, acho que foi o FINAL CRISIS #6. Não pela cena mais falada, mas por ter dado alguma coolness ao Tawky Tawny, coisa que nunca julguei possível. Quando ao MELHOR DA SEMANA PASSADA, até podia ser o mesmo comic, mas gostei igualmente do AMAZING SPIDER-MAN, pelo que é essa a escolha.
E agora, o material desta semana:

FACES OF EVIL DEATHSTROKE - Parece incrivel lendo isto, mas tempos houve em que a DC nos queria vender o Deathstroke como herói. Felizmente já se deixaram disso. Ele funciona muito melhor assim.

FINAL CRISIS SUPERMAN BEYOND #2 (de 2) - Brilhante, absolutamente fantástico, único! Não percebi nada. Falando a sério, pareceu-me bom, mas não me apanhou num dia apropriado para uma leitura mais atenta, por isso acho que vou ter que reler com mais atenção um dia destes. Mas mesmo assim, gostei.

GREEN LANTERN #37 - Ok, por ESTA eu não estava à espera. As diversas tropas de Lanternas continuam às turras, mas a coisa continua excitante. E acho que a reviravolta neste número é só a primeira de muitas...

ROBIN #182 - Por um lado, é bom ver o Robin finalmente sair da sombra do Batman. Por outro lado, não sei se gosto da direcção em que ele está a ir. Mas pelo menos, no final ele já não usa o uniforme do Red Robin. E não há nada de errado com o comic em si.

SUPERGIRL #37 - Completamente inconsequente. Mal me lembro de o ter lido, honestamente...

AMAZING SPIDER-MAN #584 - Bom começo para a história, e como sempre, com arte fantástica. Esperemos que as respostas que aqui são prometidas sejam satisfatórias.

ASTONISHING X-MEN #28 - Por mais fanático que seja pelo trabalho do Warren Ellis, a verdade é que a estadia dele neste título está a ser uma enorme desilusão. Gosto da ideia de o ver explorar o personagem anunciado de surpresa aqui, e pode ser a reviravolta que o título precisa. Mas por enquanto, isto é fraco.

DARK AVENGERS #1 - Sim, as identidades dos personagens são aquelas que todos adivinhámos, sim, a ideia desta série não é grande coisa, e sim, o conceito do Iron Patriot é duvidoso. Mas ainda assim, isto não foi, nem de longe, tão mau como eu esperava.

GUARDIANS OF GALAXY #9 - Ora aqui está um personagem que eu não contava voltar a ver, depois do tratamento que o Warren Ellis lhe deu, e muito menos neste contexto, e tão bem aproveitado. Dou por mim a desejar que ele se junte ao grupo, mas parece-me pouco provável. Esta série continua a ser um dos tesouros escondidos da Marvel, e raramente desilude. A arte em partes deste número é algo fraca, mas o resto compensa.

MIGHTY AVENGERS #21 - Não sei se esta é a história ideal para o começo da estadia do Dan Slott neste título, mas gosto da equipa escolhida, e já dá para ter um vislumbre do que o argumentista pode fazer com estes personagens. Ainda não é fantástico, mas não tenho dúvidas que lá chegará.

UNCANNY X-MEN ANNUAL #2 - Interessante, mas tirando o retrato que pinta da Emma Frost, não tem nada digno de nota. Isto dito, o dito retrato tem o seu interesse.

WOLVERINE ORIGINS #32 - Estou outra vez prestes a esquecer esta série. Só não desisti de vez porque tenho esperança que na próxima história, regresse um personagem de que gosto, e de quem a Marvel parece ter-se esquecido.

X-FACTOR #39 - Eu nem tenho palavras para descrever a minha estupefacção total perante a surpresa deste número. E no entanto, era algo em que devia ter pensado. Mas não pensei. Mesmo nos momentos mais fracos, esta série interessou-me, mas a continuar nesta direcção, tão depressa não terá mais momentos fracos. Muito bom.

ANGEL AFTER THE FALL #16 - Boa conclusão da série, que só perde por usar um mecanismo de história que me irrita sempre imenso. Mas pelo menos, parece ter consequências na mesma. Menos mau.

DOCTOR WHO FORGOTTEN #6 - Estava convencido de que isto seriam 10 números, não 6. Mas afinal, a série termina aqui, e termina de forma agradável. Nada de extraordinário, e continua a sofrer pela falta da artista original, mas é bonzito na mesma.

Esta semana, vou ter que fazer batota, e vou ter que escolher o mesmo comic para SURPRESA E MELHOR DA SEMANA. Isto porque a natureza da surpresa, e a forma como a história chegou lá, foi tão bem construida, que a própria surpresa é um elemento enorme da qualidade do X-FACTOR #39. Fiquei impressionado.
E pronto, mais uma vez peço desculpa por ter saltado uma semana, e mais uma vez prometo que não vai voltar a acontecer (até porque na semana que vem, teremos novidades; se são boas ou más, deixo a vosso critério).
E é só! Até para a semana!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 4:04 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo
sexta-feira, janeiro 23, 2009
Para quem ainda não sabe, sou um jogador de World of Warcraft. Como adoro comics talvez pudessem pensar que acompanho com fervor o comic "World of Warcraft". Pois é, nem por isso.



Esta série tem sido alvo de uma leitura na diagonal, mas tenho que dizer que este foi o número que realmente me chamou à atenção. Agora sim estamos a tocar num ponto sensível do Universo Warcraft, a relação entre a Alliance e a Horde. É sem dúvida uma história a ter em conta, se forem apreciadores do jogo.

E graças a este número fiquei com vontade de ler o próximo...
saí­do da mente de Jorge Amorim às 12:46 da manhã
link do post | 3 comentários | voltar ao topo
quinta-feira, janeiro 22, 2009
Depois das últimas confusões no Universo Marvel, houve algumas mudanças drásticas desde o registo obrigatório de super-heróis, à morte de um herói lendário, uma invasão de extraterrestres e agora encontramos um poder político e social nas mãos de um dos grandes vilões. Poder este conquistado legitimamente e com apoio governamental.
Encontramos assim um Universo de super-heróis caído em desgraça.



Esta série introduz uma nova equipa de Avengers, controlada por uma mente criminosa e constituída por indivíduos de moral duvidosa. Sem dúvida, uma equipa poderosa!
O primeiro número é apenas a reunião dos novos membros e a revelação das suas identidades.

Como comic é fraco, não traz nada de novo. A arte desagrada-me, principalmente aquela mania de desenhar o Norman Osborn com a cara do Tommy Lee Jones. Mais um passo para o falhanço que prevejo para "Dark Reign".
saí­do da mente de Jorge Amorim às 5:59 da tarde
link do post | 3 comentários | voltar ao topo
quarta-feira, janeiro 21, 2009
Estes são os comics que vou ler esta semana (não contando com trades devorados diariamente)

(Os essenciais)
Superman Beyond #2
AMAZING SPIDER-MAN #584


(Aqueles que vou olhar com alguma atenção)

SuperGirl 37
Green Lantern #37

(e as leituras pelas diagonais)
RUINS # 1
DARK AVENGERS #1
saí­do da mente de Jorge Amorim às 4:09 da tarde
link do post | 2 comentários | voltar ao topo
domingo, janeiro 11, 2009
Mais uma vez, a vida meteu-se no meio, e não pude apresentar esta coluna a tempo e horas, e por isso peço desculpas. E já que não pretendo abusar mais da vossa paciência, passemos já às criticas:

AMAZING SPIDER-MAN #582 - Por um lado, esta é daquelas histórias que quase se resolveu demasiado depressa, com todas as soluções prontinhas para serem usadas sem que o leitor soubesse. Por outro, a verdade é que as ditas soluções resolvem alguns mistérios de forma lógica. Sendo assim, a única coisa que posso dizer disto é que gostei.

BOYS #26 - Neste comic, percebi que a relação do Wee Hughie com a... Bom, com a loira ingénua, não me recordo agora do nome... é a única razão pela qual eu ainda leio esta série. E quando leio um momento entre eles, faz-me sentir que valeu a pena ler o resto. O problema é que esses momentos são demasiado raros, e o resto não me agrada muito.

BUFFY THE VAMPIRE SLAYER #21 - A grande Jane Espenson nunca falha, e este número é bastante divertido, mas irrita-me um bocado que a existência de vampiros seja agora de conhecimento público. Acho que leva a história para longe demais do conceito inicial.

CABLE #10 - Provavelmente fui o único a ser surpreendido pela reviravolta neste número, mas o certo é que fui, e pareceu-me bastante eficaz. O ritmo desta série podia ser mais acelerado, mas a qualidade está lá.

DOKTOR SLEEPLESS #11 - Mais um capítulo sem o personagem principal, mas a presença dele é palpável por toda a cidade em que a história se passa. E as novas personagens são bastante interessantes. Quase diria que são mais interessantes que qualquer uma das antigas. Muito bom.

GRAVEL #7 - Demorei muito tempo a conseguir gostar deste personagem, bem como das mini-séries que lhe deram origem, mas agora que gosto, gosto muito. No entanto, apesar deste número ser o final da primeira parte da história, está longe de ser um final no verdadeiro sentido da palavra. Esta série é de narrativa a longo prazo, e quem a ler tem que estar preparado para isso. Mas vale a pena.

INVINCIBLE IRON MAN #9 - Continua a exploração do novo status quo do Tony Stark, e continua a ser interessante, mas a verdade é que este número é um bocado parado...

MARVEL ZOMBIES 3 #4 (de 4) - Grande final para esta série, com o Machine Man a brilhar em pleno, e mostrando o potencial que tem para histórias futuras. Já a suposta sequela que é aqui prometida não me entusiasma muito, mas paciência. Esta série foi boa, e isso é o que interessa.

NO HERO #3 (de 7) - As páginas iniciais deste capítulo são assustadoramente bizarras. Quanto ao resto, parece que afinal isto sempre pode ir em direcções interessantes.

SECRET INVASION WAR OF KINGS - Epílogo de um crossover, prólogo de outro. Nunca é bom sinal. No entanto, ao dar uma perspectiva nova sobre personagens que nunca me interessaram, e atirando-os para um contexto inesperado, este comic conseguiu despertar o meu interesse para o crossover que aí vem. Quem diria?

SECRET SIX #5 - Gostei de ver o que vai na mente do Bane e do Deadshot, mas tirando isso, não posso dizer que a história me esteja a prender.

FACES OF EVIL: SOLOMON GRUNDY - A única razão pela qual li este comic foi porque o Jorge estava interessado nele. O protagonista é-me tão indiferente, que nem a equipa criativa me despertou a atenção. Isto dito, gostei do comic. Não me fez mudar de ideias, e passaria bem sem o ler, mas pelo menos convenceu-me a dar uma hipótese à mini-série que aí vem.

SUPERGIRL COSMIC ADVENTURES IN THE 8TH GRADE #2 - Mas que raio???? Será assim tão complicado fazer um comic da Supergirl que NÃO envolva logo de inicio uma cópia imperfeita? Pelos vistos, é. E ainda por cima, este segundo número não tem um décimo da piada do primeiro.

TERROR TITANS #4 (de 6) - Porrada. Algum sexo implicito. E mais porrada. Seca.

X-MEN NOIR #2 (de 4) - Juro que nem sequer cheguei ao final deste comic. Não sei se é bom ou mau, mas que me aborreceu de morte, aborreceu. Não conto ler o resto desta série.

Para a semana que vem, transitam o ANNA MERCURY #5 e o PUNISHER #1. Por um lado ainda bem, porque a próxima semana anuncia-se fraca. Por outro, eu preferia tê-los lido agora. Mas pronto, paciência.
A SURPRESA DA SEMANA foi o SECRET INVASION: WAR OF KINGS. Não só foi uma leitura bem melhor do que eu esperava, como conseguiu recontextualizar personagens já bem antigos de forma lógica, mas inesperada (para mim, pelo menos).
Quanto ao MELHOR DA SEMANA, quase escolhi o Doktor Sleepless, ou o Gravel, mas tenho que ir pelo MARVEL ZOMBIES 3 #4, que é divertido, nojento e entusiasmante nas medidas certas, e faz justiça a um personagem de que sempre gostei, mas que é frequentemente esquecido.
E em relação à semana passada, é tudo. Vêmo-nos mais lá para o final desta. Até!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 9:55 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo
domingo, janeiro 04, 2009
E bem vindos a 2009, ano em que este blog vai, certamente, sofrer algumas alterações. Para breve planeiam-se já algumas, não particularmente drásticas, mas há sempre a hipótese de nos apetecer fazer algo de mais radical lá mais para diante.
Mas disso se falará noutras alturas. Para já, vamos ao comic que ficou pendente na semana passada:

ULTIMATE SPIDER-MAN #129 - Isto é mais um comic sobre o Human Torch do que sobre o Spider-man, mas apesar de ser um tie-in do Ultimatum, é acima de tudo mais um daqueles números sobre as relações entre os personagens, e como tal, é especialmente interessante para mim.

E agora, logicamente, os comics desta semana:

BATMAN #684 - Tal como a primeira parte desta história, num Detective Comics de há uns tempos, esta também é uma desilusão, provando que infelizmente, certos talentos não envelhecem bem.

BATMAN CACOPHONY #2 (de 3) - Tal como o anterior, não sendo nada de extraordinário, é uma história que entretém. E nem sequer tem mais do subtexto estranho do número anterior.

FINAL CRISIS SECRET FILES #1 - Embora a origem do Libra seja interessante (e gosto do facto de ser escrita pelo criador do personagem), não há nada aqui que torne isto leitura essencial. E só para que saibam, a contribuição do Grant Morrison resume-se a uma página de texto a explicar a Equação Anti-Vida.

GREEN LANTERN #36 - A Guerra Das Cores continua, explorando aqui o conceito dos Blue Lanterns. Não acontece muito mais, mas isso é interessante em si mesmo.

JUSTICE SOCIETY OF AMERICA #22 - Finalmente, esta história acabou. O final é bom, e gosto do epílogo ao Kingdom Come. Mas em última análise, não mereceu que se perdesse mais de um ano com ela.

SUPERMAN #683 - E neste penúltimo capítulo, a história do New Krypton, tão cheia de potencial, avança inexoravelmente para um final mais que previsível.

TEEN TITANS #66 - Portanto, sobra um. Ou uma. E quer-me parecer que a decisão foi mais editorial que criativa. Pior ainda, isto era suposto ser uma história de recrutamento, e não só não há membros novos, como saiu o meu favorito dos mais antigos. Ainda assim, é dos melhores números desta série, pelo menos nos últimos tempos.

AVENGERS INITIATIVE #20 - Boa despedida do Dan Slott, atando pontas soltas, e criando avenidas para exploração exterior. Isto passa-se é antes do Secret Invasion: Requiem que saiu na semana passada, mas enfim. Ah, e não adivinhei quem era a Mutant Zero, mas era uma das hipóteses mais populares.

CAPTAIN AMERICA #45 - Não posso dizer que tenha gostado muito desta história em três partes, mas pelo menos agora há uma nova direcção para o personagem.

FANTASTIC FOUR #562 - É o melhor número feito por esta equipa criativa, e no entanto, não acontece rigorosamente nada digno de nota. Ou quase nada, pronto. Qualquer dos casos, acho que isso diz muito da qualidade geral da série actualmente.

GUARDIANS OF GALAXY #8 - Mais uma vez, esta série brilha. Aquela que é provavelmente a última ponta solta da Civil War está prestes a causar muitos sarilhos, e honestamente, este seria o último comic em que eu esperaria vê-la, mas no entanto, aqui está. E faz todo o sentido.

INCREDIBLE HERCULES #124 - Continuo a não gostar muito da parte da história que envolve as Amazonas, mas pelo menos agora a coisa está a ir numa direcção nova. E qualquer dos casos, esta série diverte sempre.

KICK-ASS # 5 - Mais divertido que o último número ou dois. Esta série oscila entre o realmente fraco e o "guilty pleasure", mas este capítulo inclina-se mais para a última opção. Qualquer dos casos, a arte é sempre excelente, pelo menos.

PUNISHER WAR JOURNAL #26 - Bom, e lá se vai esta série. Teve montes de altos e baixos, e mesmo sabendo que a última história que o Fraction pretendia escrever não vai acontecer, este último número é um dos altos. Gosto especialmente da relação entre o Punisher e o Rhino, e espero que não seja ignorada no futuro. Quanto à série que vai substituir esta, não sei se a vou ler ou não. Logo se vê.

ULTIMATE HULK ANNUAL #1 - Ocasionalmente, dou por mim a ler um comic nem sei bem porquê, mas a ser agradavelmente surpreendido por isso. Este comic não é um desses. É verdade que nem sei porque o li, mas não perdia nada se não o tivesse lido. Aliás, ganhava tempo útil para outra coisa qualquer. Ainda que pouco.

WOLVERINE #70 - Previsivel. Muito. E abranda a história principal, de forma que me parece prejudicial.

X-FORCE #10 - Má conclusão para a história. Principalmente porque não me parece que seja conclusão nenhuma. Mas há aqui alguns momentos interessantes que redimem este capítulo.

Semana morna, esta. Embora tenham havido alguns comics bons, não houve nada de excelente ou muito surpreendente. Assim sendo, as escolhas desta semana são mais aleatórias do que é costume.
A SURPRESA DA SEMANA, portanto, é o ULTIMATE HULK ANNUAL, não porque tenha gostado especialmente dele, mas porque não estava a pensar lê-lo, e acabei por o fazer. E porque a história gira à volta do facto do Hulk andar nu.
Quanto ao MELHOR DA SEMANA, vou escolher o PUNISHER WAR JOURNAL, porque gostei da natureza relaxada da história, da relação entre os dois personagens mais conhecidos, e acima de tudo, porque é quase uma sequela do melhor número desta série.
E assim termina o primeiro post de 2009. Espero que fiquem por cá para o próximo! Até breve!
saí­do da mente de Luís F. Alves às 6:23 da tarde
link do post | 0 comentários | voltar ao topo


Conteúdo © Copyright 2006 Jorge Amorim, R e (Phi)lipe. Todos os direitos reservados.
As imagens usadas são propriedade dos respectivos donos.
Icons por Kevin Potts.