free tracking

conspiradores

. Raquel

. Jorge Amorim

. Nuno Miguel Lopes

. Luís F. Alves

estamos aqui

e-mail

. Say NI

artigos recentes

. Uma Terra Alternativa Onde Super-Heróis Existiam

. Lançamento de TX COMICS

. Lançamento de 'Mucha'

. Site da Fórmula da Felicidade

. Astérix de Ouro

. Webcomics de Karl Kerschl, Cameron Stewart e Ramón...

. Rose, Jeff Smith e Charles Vess

. Grande presença da Kingpin Books no Festival de BD...

. Fazer Banda Desenhada

. Anipop 2009

links de comics

. Comic Book Resources

. DC Comics

. Image comics

. Kingpin of Comics (Site)

. Kingpin of Comics (Blog)

. Leituras de Bd e não só

. Marvel Comics

. Newsarama.com

. Silver Bullet Comics

. World of Manga and comics

. Luca BD

outros links

. Corusca

. Multitudo Design

. O Armário das Calças

. Sonhos Urbanos

RSS
Powered by Blogger
quinta-feira, outubro 29, 2009


Uma das coisas positivas do festival de banda-desenhada da Amadora (agora, Amadora BD) é a possibilidade de sempre se encontrar obras que habitualmente não figuram nas bancas das livrarias em Portugal. Adquiri um desses achados no passado sábado: uma edição comemorativa dos 50 anos de El Eternauta, com a versão integral de Héctor Oesterheld e Francisco Solano López, pela editora Norma Editorial. Apesar da homenagem a Oesterheld (que contará com a presença dos seus netos), confesso que não esperava encontrar esta edição de El Eternauta - até porque, recentemente, o destaque tem ido para a publicação de La Vida de El Che, que se pode encontrar no certame nas línguas portuguesa (do Brasil), francesa e espanhola.


El Eternauta narra a história de um grupo de amigos que, uma noite, se encontra a jogar às cartas na casa de um deles, em Buenos Aires. Subitamente, começa a cair uma espécie de neve que mata todas as pessoas cuja pele é tocada pelos flocos que caem do céu. Perante a incerteza sobre o que está a acontecer, os amigos irão traçar um plano de sobrevivência, sempre com um pensamento presente nas suas mentes: havendo mais sobreviventes, estes poderão ser inimigos, uma vez que não existindo já ordem social ou autoridade, aplica-se a lei da selva - matar ou ser morto!


Lidas as primeiras 81 páginas (de um total de 366), posso dizer que a narrativa é empolgante e bem estruturada. Oesterheld parece apostar mais nos dramas e dilemas das personagens, do que em acção frenética - o que só beneficia a obra, uma vez que se torna fácil ao leitor identificar-se com as personagens e com a acção. A arte de Solano López é sóbria e bem delineada, fazendo um bom uso do alto contraste. Veremos como será o resto deste clássico da ficção científica argentina.


De referir ainda que a edição da Norma Editorial é a preto e branco no interior, com capa dura colorida. Apesar da edição estar em língua espanhola (na variedade argentina), facilmente um falante de português conseguirá ler a história e acompanhar os eventos.
Termino com uma citação da introdução, escrita por Carlos Trillo, que mostra bem a importância de El Eternauta na cultura argentina:


Es, incluso, la única historieta que formó parte de La Biblioteca Argentina, Serie Clásicos, la colección de literatura nacional que sacó Clarín en el año 2000, con cifras de venta sorprendentes. Y el único relato gráfico que es comprado por el Ministerio de Educación argentino para que no falte en las escuelas ni en las bibliotecas populares.
(in Héctor G. Oesterheld e Francisco Solano López - El Eternauta. Edición Especial 50 Aniversario. Norma Editorial, 2008)
saí­do da mente de Nuno Miguel Lopes às 3:37 da tarde
link do post | | voltar ao topo
3 Comentários:
Uma obra admirável e um personagem marcante da BD argentina. Depois do seqüestro de Oesterheld, outros roteiristas utilizariam a Juan Salvo em suas histórias, por exemplo, Ricardo Barreiro em Cidade e Parque Chas.
Existem videos no youtube com imagens das melhores versões do Eternauta.

Saí­do da mente de Blogger Ismael Fancito., às 10:17 da tarde

 
Do melhor que já li e vi(e faz já muito, muito tempo!). De fazer corar muitos dos supostos génios, savants, argumentistas.
É bom saber que está disponível no FIBDA; vou ver se ainda saco um.

Saí­do da mente de Blogger refemdabd, às 9:37 da manhã

 
Ismael, já tinha ouvido falar de sequelas do Eternauta. A ver se, quando acabar de ler esta versão, lhes dou uma olhedela. Obrigado pela dica do Youtube.

refemdabd, encontrei a obra na banca da Dr. Kartoon. Comprei o último exemplar que eles tinham (sorte a minha!), mas eles disseram que irão chegar mais dois, pelo menos.

Saí­do da mente de Blogger Nuno Miguel Lopes, às 10:48 da manhã

 

Enviar um comentário

<< Iní­cio



Conteúdo © Copyright 2006 Jorge Amorim, R e (Phi)lipe. Todos os direitos reservados.
As imagens usadas são propriedade dos respectivos donos.
Icons por Kevin Potts.