free tracking

conspiradores

. Raquel

. Jorge Amorim

. Nuno Miguel Lopes

. Luís F. Alves

estamos aqui

e-mail

. Say NI

artigos recentes

. É assim que se brinca com o coração dos fãs!

. Avengers 2

. Em Julho de 2013... (Marvel Comics)

. Então careca?? O que se passou?

. O novo (e velho) Constantine

. Quanto pagas por uma morte?

. Será mesmo Superior?

. Ask the Kingpin (Parte 2 de 2)

. Ask the Kingpin (Parte 1 de 2)

. The Kingpin of Comics is back ...

links de comics

. Comic Book Resources

. DC Comics

. Image comics

. Kingpin of Comics (Site)

. Kingpin of Comics (Blog)

. Leituras de Bd e não só

. Marvel Comics

. Newsarama.com

. Silver Bullet Comics

. World of Manga and comics

. Luca BD

outros links

. Corusca

. Multitudo Design

. O Armário das Calças

. Sonhos Urbanos

arquivos

. Março 2006

. Abril 2006

. Maio 2006

. Junho 2006

. Julho 2006

. Agosto 2006

. Setembro 2006

. Outubro 2006

. Novembro 2006

. Dezembro 2006

. Janeiro 2007

. Março 2007

. Abril 2007

. Junho 2007

. Julho 2007

. Agosto 2007

. Outubro 2007

. Janeiro 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2008

. Abril 2008

. Maio 2008

. Junho 2008

. Julho 2008

. Agosto 2008

. Setembro 2008

. Outubro 2008

. Novembro 2008

. Dezembro 2008

. Janeiro 2009

. Fevereiro 2009

. Março 2009

. Abril 2009

. Maio 2009

. Junho 2009

. Julho 2009

. Agosto 2009

. Setembro 2009

. Outubro 2009

. Novembro 2009

. Dezembro 2009

. Janeiro 2010

. Fevereiro 2010

. Março 2010

. Abril 2010

. Maio 2010

. Junho 2010

. Julho 2010

. Agosto 2010

. Setembro 2010

. Outubro 2010

. Novembro 2010

. Janeiro 2011

. Fevereiro 2011

. Março 2011

. Abril 2011

. Maio 2011

. Julho 2011

. Agosto 2011

. Setembro 2011

. Outubro 2011

. Novembro 2011

. Dezembro 2011

. Janeiro 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2012

. Junho 2012

. Julho 2012

. Agosto 2012

. Setembro 2012

. Outubro 2012

. Novembro 2012

. Dezembro 2012

. Janeiro 2013

. Março 2013

. Abril 2013

. Outubro 2014

RSS
Powered by Blogger
quinta-feira, novembro 30, 2006
Vou directo ao assunto: estamos perante material de qualidade!

Deu-me muito gozo ler o número 1 do Super Pig, anunciei este projecto nacional antes de o ler, é altura de vos contar como foi a leitura.

Para a sinopse do comic tomo a liberdade de usar a que foi feita pelos autores:

É um dia como outro qualquer na vida de SUPER PIG: saudável exercício físico pela manhã num Health Club de referência; satisfação dos ímpetos consumistas em lojas de prestígio; relaxante convívio nocturno com os amigos na pista de dança. Enfim, um dia aparentemente normal. Ou talvez não…
De súbito, algo ameaça subverter essa normalidade. Estranhamente, Super Pig começar a ser tratado de forma rude e cínica por alguns dos que o rodeiam e que sempre o estimaram e acarinharam. Será esse comportamento fruto das bizarras acções de DEFORMAÇÃO PROFISSIONAL em curso? E que trama diabólica se estará a desenrolar no sinistro congresso conhecido apenas como LIVE HATE?


Não pude estar no lançamento do Super Pig (na FIDBA) e apenas em Novembro, numa das minha visitas a Lisboa, é que me sentei calmamente com um exemplar e ver o que tinha para oferecer. Antes de ler, passei os olhos pelas páginas a preto e branco,os desenhos eram aquilo que as previsões prometiam e depois deixei-me conduzir pelas palavras estrategicamente colocadas para narrar a história.



O Pig é uma personagem charmosa, ficou claro no primeiro número, que ser um porco não enfraqueceu o impacto da mesma nem a sua credibilidade. Espero assim afastar o receio de todos os que são alérgicos a histórias com animais. O primeiro número é, como esperava, uma introdução a esta personagem e ao seu mundo. As palavras e a arte deste projecto juntam-se de forma dinâmica, acompanhados por uma boa construção de páginas e uma edição cuidada (boa qualidade de papel, balonagem clara e expressiva e com extras ao estilo de um DVD).

Ao chegar ao fim das páginas publicadas pensei "Quero mais!", fiquei com vontade de saber o resto da história, incomoda-me que não estejam mais números publicados. É por isso que tenho de referir Um pormenor que me parece negativo é a periodicidade deste comic, seria excelente se fosse mensal (compreendo todas as dificuldades em o ser, mas seria ideal), em vez disso só veremos o número 2 dentro de uns 3 ou 4 meses. Mas pensando bem, também não podemos dizer que o All-Star Superman seja mensal e não é por isso que o deixo de acompanhar.

O Mário e o Carlos estão de parabéns pela criação deles, aguardamos por mais!

nota: Podem adquirir este comic através da Kingpin of Comics.
saí­do da mente de Jorge Amorim às 1:31 da manhã
link do post | 2 comentários | voltar ao topo
terça-feira, novembro 21, 2006
Por e-mail recebemos este anúncio de venda de comics, achámos bem divulgar porque pode dar a alguém muitas horas de boas leituras.

O Romilton Frederico Fortes coloca à venda a sua colecção Marvel das décadas de 80 e 90. Os interessados contactem-no através do seguinte e-mail romiltonfortes@hotmail.com

"Alguns livros são das seguintes edições:


-Quarteto Fantástico;
-Heróis da T.V.;
-Marvel Especial;
-Épicos Marvel;
-Homem De Ferro;
-Grandes Herois Marvel;
-Superaventuras Marvel;
-Conan O Bárbaro;
-A Espada Selvagem de Conan;
-Capitão América;
-O Incrível Hulk;
-O Novo e Incrível Hulk;
-A Teia Da Aranha;
-Homem Aranha;
-Guerras Secretas;


E outras unidades são os seguintes:

-Super-Homem contra Homem Aranha nº 1;
-Wolverine Extra nº 1;
-Capitão América Edição Extra Comemorativa de 50 anos;
-Conan Saga nº 12;
-34 horas Na Vida do Demolidor;
-Homem de Ferro 30 anos;
-The Punisher 2099;
-Homem Aranha Especial nº 1;
-Superalmanaque Marvel Sete noivas para o Deus Serpente;
-Edição Histórica - Homem Aranha nº 100 - O casamento do ano;
-Homem Aranha 2099;
-Homem Aranha Anual nº 1- Editora Abril ;
-Homem Aranha Anual nº 1- Abril Jovem - de Todd Mcfarlane;"

nota: este blog está apenas a apresentar esta venda, não ganha nada com isso e qualquer troca comercial é da responsabilidade dos envolvidos.
saí­do da mente de Jorge Amorim às 10:46 da tarde
link do post | 3 comentários | voltar ao topo
sexta-feira, novembro 17, 2006
Aos quinze anos teria adorado ler algo assim, actualmente com mais 10 anos não me fascina mas mesmo assim tenho sentido curiosidade e acabo por estar a acompanhar esta guerra (como bom geek ainda leio fóruns e afins sobre o assunto). Para quem não sabe a questão essencial prende-se com a legalização da profissão de super-herói, quem o quiser ser tem que se registar (revelando ao governo a sua identidade), qualquer individuo que teime em usar os seus poderes sem estar legalizado (independentemente de praticar o bem ou o mal) será detido.

Quem lidera os apoiantes do registo é o Homem-de-Ferro e os rebeldes são liderados pelo Capitão América. Os confrontos têm surgido, as personagens têm feito as suas opções, foi criada uma prisão para super-heróis na zona negativa, já morreu um herói e outro ressurgiu clonado.Até à data nada de especial.Existe uma série em 7 números com o nome "Civil War", depois outra série "Civil War: Frontine" e uma tonelada de comics mensais com um rótulo a dizer "Civil War: Tie-In", ao contrário do que a Marvel assume NÃO DÁ para seguir apenas a série "Civil War" e ter acesso à história toda (abençoados os comics em formato digital que nos permitem sempre consultar o que se tem passado num dado título, visto que comprar isto tudo seria um desperdício de muito dinheiro).



Estas grandes sagas têm como objectivo vender e raramente apostam na qualidade, pelo que li julgo estarmos presentes em mais um desses projectos. Durante a leitura de Civil War fico com a ideia que o Mark Millar (argumentista) não conhece muito bem as personagens da Marvel, nem percebo os elogios que lhe têm feito na internet, os diálogos simplesmente não encaixam nas personagens e falta-lhe coesão na forma de contar uma história (normalmente até gosto do que ele escreve, podem ver neste blog... talvez ele funcione na linha ultimate porque não tem de conhecer o background das personagens). Outra coisa que não tenho gostado é que o lado a favor do registo tem sido retratado como "mau", o Homem-de-Ferro parece mesmo um vilão em muitas das situações (contrastando com os momentos "novela mexicana" em que se queixa que lhe custa muito o que faz).

Finalmente no Civil War 5, o Homem-Aranha repensa a sua posição e sofre as consequências. Só acho que o senhor Mark Millar se esqueceu do upgrade dos poderes dele (na saga The Other) e que ele tem sentido de aranha... Ou então sou eu que já fiz uma opção nesta guerra e estou a defender a minha personagem favorita.

Conclusão: Só para fãs de longa data e como curiosidade mórbida

Duas entrevistas sobre este tópico no Newsarama.com: Mark Millar (argumentista) e Tom Brevoort (Editor).
saí­do da mente de Jorge Amorim às 11:33 da manhã
link do post | 4 comentários | voltar ao topo
28 de Novembro, 18h30, Nova Livraria Francesa, apresentação de "“CORÉE: la Corée vue par 12 auteurs”.




"Corée é uma obra colectiva que junta autores franceses (Catel Muller, Igort, Guillaume Bouzard, Hervé Tanquerelle, Vanyda e Mathieu Sapin) e autores coreanos (Lee Doo-ho, Park Heung-yong, Choi Kyu-sok, Byun Ki-hyun, Chae Min, Lee Hee-jae). É uma publicação das Edições Casterman na sua prestigiada colecção “Écritures”. O álbum reúne as contribuições de seis autores doze autores franceses e seis coreanos, que são outros tantos olhares em imagem sobre a Coreia e a cultura asiática.

Mathieu Sapin, um dos autores, fará a apresentação do livro na Nova Livraria Francesa num encontro marcado para dia 28 de NOVEMBRO às 18h30 e para o qual vos convidamos.

Recordamos que Mathieu Sapin estará também dias 22 e 25 no Instituto Franco-Português a dirigir dois workshops de Banda Desenhada. Quarta-feira, 22 de Novembro das 15 às 17 horas (a partir dos 12 anos) e Sábado, 25 de Novembro das 11 às 12h30 (dos 9 a 12 anos)"

(notícia enviada para o nosso e-mail)

Para mais informações:
Institut Franco-Portugais
Av. Luís Bívar, 91
1050-143 LISBOA
Tel: 21 311 14 27 / Fax; 21 311 14 63
saí­do da mente de Jorge Amorim às 10:34 da manhã
link do post | 0 comentários | voltar ao topo
quinta-feira, novembro 16, 2006
Quero dar a conhecer uma banda desenhada que me chamou à atenção pela arte, Mouse Guard. Andava pela internet e já nem sei onde tropecei com a imagem destes ratos, cheguei a usar um wallpaper com eles no meu ambiente de trabalho. E só hoje me
sentei para ler "Mouse Guard: Belly of the monster". Ao terminar a leitura achei que seria bom partilhar algo sobre esta obra.



Fiquei a saber que os ratos correm perigos diários e que para os auxiliar foi criada a Mouse Guard. Para já conheço três membros deste grupo: Liem, Kenzie e Saxon. Três ratos guerreiros (que me trouxeram à memória referências como "o Senhor dos Anéis" com "Os três mosqueteiros") em plena missão, encontrar um rato desaparecido.



A aventura que li mostra uma batalha com um grande predador e alguns valores morais dos ratos. Uma leitura agradável com uma arte muito adequada ao tipo de história e uma recomendação para quem quer ler algo novo. Por estes lados vou tentar conhecer melhor a Mouse Guard.

Deixo aqui um link (carregar aqui) para obterem informação mais detalhada.
saí­do da mente de Jorge Amorim às 3:11 da tarde
link do post | 2 comentários | voltar ao topo
quarta-feira, novembro 15, 2006
A vida não tem sido fácil para o Homem-Aranha, juntou-se aos Vingadores, deitaram-lhe a casa a baixo, passou a viver com os Vingadores, arrancaram-lhe um olho, morreu, renasceu, adquiriu novos poderes, fez um pacto com o Homem-de-Ferro, passou a ter um uniforme novo, revelou a sua identidade ao público, juntou-se ao lado governamental na guerra civil dos heróis, mudou de posição e partir de Fevereiro volta a usar o uniforme negro (que coincidência, mesmo antes do filme estrear).



De referir que todas estas mudanças (independentemente de serem boas ou más) não têm sido nada aprofundadas, parecendo mais um amontoado de ideias apenas para acontecer qualquer coisa. A cada novo arco de histórias temos a promessa de algo que vai mudar a vida do Homem-Aranha para sempre (ou pelo menos até a Marvel decidir dizer que foi tudo uma mentira criada pelo Duende Verde).

Para quando uma equipa criativa estável e de qualidade para esta personagem? Para quando menos títulos mensais do Spidey? Pessoalmente reduziria a 2 comics mensais, Amazing Spider-Man e Ultimate Spider-Man, o primeiro para um público-alvo mais adulto (com histórias mais inteligentes) e o segundo mais juvenil e com acção (na linha das séries de desenhos animados que têm saído).

Para desenhista do Amazing Spider-Man gostaria de ter o John Romita Jr. de volta. E deixo a questão: que argumentista gostariam de ver no Amazing Spider-Man?
saí­do da mente de Jorge Amorim às 11:54 da manhã
link do post | 6 comentários | voltar ao topo


Conteúdo © Copyright 2006 Jorge Amorim, R e (Phi)lipe. Todos os direitos reservados.
As imagens usadas são propriedade dos respectivos donos.
Icons por Kevin Potts.