free tracking

conspiradores

. Raquel

. Jorge Amorim

. Nuno Miguel Lopes

. Luís F. Alves

estamos aqui

e-mail

. Say NI

artigos recentes

. As minhas leituras - 19/11/2008

. Blá Blá Blá - Adiado outra vez

. As minhas leituras - 12/11/2008

. Blá Blá Blá #10 - Babes

. BD Amadora 2008 Em Imagens - Parte II

. As minhas leituras - 05/11/2008

. BD Amadora 2008 Em Imagens - Parte I

. Bla Bla bla #9 - Comics Escolhidos a Dedo

. As minhas leituras - 29/10/2008

. As minhas leituras - Aviso

links de comics

. Comic Book Resources

. DC Comics

. Image comics

. Kingpin of Comics (Site)

. Kingpin of Comics (Blog)

. Leituras de Bd e não só

. Marvel Comics

. Newsarama.com

. Silver Bullet Comics

. World of Manga and comics

. Luca BD

outros links

. Corusca

. Multitudo Design

. O Armário das Calças

. Sonhos Urbanos

RSS
Powered by Blogger
sábado, novembro 29, 2008
Luís: Por muito que gostemos de super-heróis, o facto é que muitos deles têm origens perfeitamente ridículas. Em alguns casos, é parte do charme. Noutros... Nem por isso.

Mesmo os X-Men, que deviam ter a origem mais simples de todas ("nasceram assim e pronto"), acabam por ser os que têm as histórias mais parvas e desnecessariamente complicadas.

O exemplo mais cabal disso é o Cable. Ok, o pressuposto é relativamente simples. Mercenário/soldado do futuro. Pronto, está feito. Mas se formos a ver detalhadamente, ele é filho do cyclops e da madelyne pryor, que era um clone da jean grey, e que foi contaminado em bebé por um virus tecno-orgânico que não tinha cura e por isso os pais enviaram-no para o futuro entregando-o a uma versão alternativa da meia irmã dele que nunca chegou a nascer, futuro onde ele foi criado por um casal que era secretamente o Cyclops e a Jean Grey em corpos diferentes, e de onde ele eventualmente fugiu já adulto para o presente, para evitar que certos eventos acontecessem, mas foi seguido por um clone maligno dele próprio.
Simples, não é? Podia ser pior. Podia ser o Nate Grey. Que é a mesma coisa, mas de uma realidade alternativa... Consegues encontrar pior que isto, Jorge?

Jorge: Epá é complicado, deixa lá pensar... Que tal o Kaine? Clone falhado do Homem-Aranha que sofre de degeneração celular, passou parte da sua vida a infernizar o Ben Reilly pois pensava que ele era o original. Pior que isso, a doença dele faz com que tenha poderes "mais intensos" que o homem-aranha (epá faz sentido, está a morrer fica mais forte... hum talvez não), consegue ver o futuro, deixar queimaduras vítimas, enfim---.

Vendo bem não vence o Cable.

E um tipo que vê os pais a serem mortos e depois veste-se de morcego em adulto? Ou um gajo que foi mordido por uma aranha radioactiva e fica com poderes de aranha?
Sempre não é a história de um gajo que tem poderes graças a uma peça de bijuteria...

Luís: Primeiro, a origem do Batman não é tão ridicula como isso, se considerares a Entidade Batman como manifestação de uma psique presa nos 8 anos de idade. A do Homem-Aranha, ok, tem o seu quê de ridículo, mas se queres ir pela Marvel dessa altura, há piores.

Ocorre-me um cientista que teve uma bomba a rebentar mesmo ao lado dele, e que em vez de o matar transformou-o num monstro cinzento durante a noite. Mas pronto, isso são histórias mais fantasiosas. Há algumas que tentam ser mais realistas, e falham redondamente.

Por exemplo, a do Jason Todd. O Batman conheceu o rapaz que se tornou o segundo Robin quando ele LHE ROUBOU OS PNEUS DO BATMOBILE! E como o rapaz mostrou que se sabia desenrascar e sobreviver nas ruas, e tal, o Batman achou que ele dava um bom Robin. Hã????? Não admira que ele tenha sido um Robin tão mau, que os leitores tenham votado para que ele morresse.

Claro que recentemente ele foi ressuscitado porque uma versão alternativa do Superboy desatou a DAR MURROS NO TEMPO! Mas isso já não faz parte da origem, portanto não vamos por aí.
Mais origens parvas. É a tua vez.


Jorge:
Epá, "Batman como manifestação de uma psique presa nos 8 anos de idade" não não faz sentido. :P

Luís: Claro que faz! Qual é a coisa mais assustadora para um miúdo de 8 anos? Provavelmente um monstro, certo? E tendo o miúdo em questão medo de morcegos, ele tomou a decisão de se tornar um morcego. Atenção: a decisão de se tornar um morcego foi tomada só em adulto, mas para já, no fundo o problema do Bruce Wayne é que não consegue ultrapassar os traumas de infância, e depois, ele decidiu que iria aterrorizar os criminosos ainda em puto, como tal a sugestão subconsciente ficou lá implantada.
Não sei a expressão em português, mas o Batman é uma vitima de arrested development extremíssimo. Curiosamente, isto torna o pólo psicológico oposto dele, não o Superman, mas o Capitão Marvel (Shazam). Bom, mas isto não tem nada a ver com nada, continua lá...

Jorge: Lê o que escreveste, isso tem alguma representação na realidade? Eu tinha medo do escuro em pequeno, vou ser o Escuridão. Hehe esse é o tipo de absurdo nas origens dos super-heróis. Que adulto se vestia de morcego, com cuecas fora do fato, porque em pequeno tinha medo de morcegos? Quando falei deste tema, achei que ía dar muita conversa porque as origens são em grande parte um atentado à razão.

Luís: Bom, há o Obsidian...
Não tem representação na realidade, claro que não. E ok, não há justificação para as cuecas de fora do fato. Mas no contexto de histórias de super-heróis, parece-me das mais aceitáveis.

Jorge: E um fato extraterrestre que se junta a um jornalista por ter sido rejeitado... Bem, não podemos mesmo ir pelas origens... hehe....Interessa é que depois tenham histórias bem contadas.


Peço desculpa pelo atraso na publicação deste BlaBlaBla, obrigações profissionais e problemas informáticos não ajudam. Abraço. Jorge

Etiquetas:

saí­do da mente de Jorge Amorim às 10:27 da manhã
link do post | | voltar ao topo
2 Comentários:
Origem pior que a do Cable,é mesmo possível apesar da da Força Fenix publicada no Tpb Fenix Endsong me ter dado um no na cabeça quando a li.
Ate parecia uma origem DC.

Saí­do da mente de Anonymous KITT, às 3:21 da tarde

 
Who knows where to download XRumer 5.0 Palladium?
Help, please. All recommend this program to effectively advertise on the Internet, this is the best program!

Saí­do da mente de Anonymous Anónimo, às 11:08 da manhã

 

Enviar um comentário

<< Iní­cio



Conteúdo © Copyright 2006 Jorge Amorim, R e (Phi)lipe. Todos os direitos reservados.
As imagens usadas são propriedade dos respectivos donos.
Icons por Kevin Potts.